Não tentarei ser o melhor. Serei o melhor!

Tão logo foi colocada na rede a relação dos classificados ao vestibular 2014 da Unesp, você sentiu aquela alegria única, singular, indescritível. Seus familiares e amigos, então, pareciam até mais felizes, sorrindo, rindo, pulando, abraçando, festejando sua façanha.

Realmente, a aprovação em uma universidade pública do porte da Unesp é um feito digno de ser comemorado por bastante tempo, não apenas pelo resultado, mas sobretudo pelo modo como você o atingiu, depois de anos e anos de sonhos e muito esforço e muita garra.

Você sabe disso. E sabe também que o período de esforço, de determinação, de sacrifícios pessoais ainda não terminou. Ao contrário, tornar-se-á ainda mais exigente agora. O curso universitário é um caminho ao longo do qual será necessária muita atenção, muita dedicação. Não se trata mais de preparar-se para conquistar uma vaga. Agora o horizonte se abre e acena para o seu futuro. O curso que fará lhe dará competência para realizar-se como profissional e como cidadão. Provavelmente você estará fazendo um estágio de trabalho antes mesmo de formado, para sentir mais de perto a realidade que terá de enfrentar. Algumas vezes, o estágio não termina após a formatura, mas se tranforma em emprego definitivo, ou, quando menos,  ensina exatamente aquilo que não se aprende nos bancos acadêmicos.

Ter os olhos voltados para esse futuro, portanto, é o melhor modo de iniciar sua trajetória na universidade. É claro que você já está dizendo que dará o melhor de si para que essa trajetória seja coroada de êxito, a fim de que sua formação corresponda ao que a Universidade exige para uma formação plena. De repente você se apanha em meio a promessas a si mesmo, a familiares e amigos, dizendo coisas como darei o máximo, farei todo o esforço, enfrentarei qualquer obstáculo, tentarei ser o melhor. Em meio a tais votos, desejos e promessas, sente, porém, que está faltando dizer algo mais, embora não perceba exatamente o quê.

Com um pouco mais de reflexão, assentada a poeira das comemorações, acabará descobrindo o que falta dizer, verificará que o momento do buscar, do tentar, do procurar já passou. É chegado o momento de encher os pulmões, estufar o peito, levantar a cabeça e dizer: Não tentarei ser o melhor. Serei o melhor!

Com toda a certeza o será. Nossas congratulações pela vitória! E pelo seu futuro!

Deixe um comentário