Tensão? Nada disso: distensão!

Com a proximidade das provas, muitos estudantes se declaram tensos, nervosos, preocupados com o desempenho e receosos das dificuldades que poderão enfrentar. Nada mais natural. Qualquer pessoa de qualquer idade, diante de obstáculos a transpor, reage de modo semelhante. O que fazer, então?

A experiência humana, manifestada ao longo de toda a História, nos mostra que os vencedores, qualquer que seja a situação com que tiveram de se defrontar, foram aqueles que não viram as tensões como inimigas, mas aliadas para ajudá-los a superar os desafios. Não é diferente num vestibular. Aquela preocupação constante, que aumenta nos dias próximos das provas, deve ser operacionalizada como mais um fator positivo para o desempenho nas provas, fator que redobra a atenção para evitar equívocos de leitura e auxiliar na solução das questões.

Com esse modo de considerar as tensões, evidentemente, você não deixará que suas preocupações se tornem excessivas e será muito útil, a esse respeito, dar uma boa relaxada nos dois ou três dias que antecedem os exames, colocar para você mesmo que chegou a se superar em estudos, na prática de exercícios, em revisões, e está, portanto, mais do que preparado para as tarefas que terá de enfrentar. Essa forma de pensar tem sempre efeito muito positivo para fazê-lo apanhar sua folha de questões e começar a leitura com tranquilidade e segurança.

Não se esqueça, porém, daqueles cuidados corriqueiros dos dias de provas, que são recursos para não infringir a Lei de Murphy, como foi observado há pouco em artigo deste Blogue: a) na véspera, planejar todo o dia seguinte, desde as primeiras horas, para não chegar atrasado; b) não tenha vergonha de chegar bem antes ao local das provas; c) confira o tempo todo se está com os documentos de identificação necessários; d) cuide de estar bem alimentado, porque o bem-estar físico é fundamental ao longo das horas de exame; e) e, sobretudo, assuma uma atitude otimista, construtiva, de pessoa que já venceu muitas etapas semelhantes em sua vida e agora, com certeza, vencerá mais uma.

Notou que no parágrafo anterior as cinco alternativas são verdadeiras? Nas provas objetivas, é claro, isso será diferente, mas você, preparado, tranquilo, consciente, também saberá fazer a diferença ao resolver cada questão.

Boa prova!

 

Deixe um comentário