Programe-se para o Vestibular 2014!

Finda a temporada dos vestibulares de meio de ano, também chamados vestibulares de inverno, é hora de programar-se para os de fim de ano, denominados vestibulares de 2014, ano em que ocorrerão as matrículas dos aprovados. Neste segundo semestre muita coisa irá acontecer e, para que aconteça do melhor modo possível, é preciso programar-se.

Muitos candidatos já assumiram seus métodos, criaram sua rotina há um bom tempo e agora refinam suas atividades com vistas à profusão de exames que enfrentarão. Outros ainda não conseguiram fixar-se num ritmo adequado e essa indecisão pode trazer-lhes alguns prejuízos, tanto em rendimento, quanto em estado de espírito para enfrentar a agitação dos diferentes exames.

É útil, neste sentido, sugerir cinco perspectivas, a partir das quais cada um poderá programar-se do modo mais adequado possível ao rendimento nos exames e a seu próprio modo de considerar o que terá pela frente:

 

1 – A hora é de assumir claramente suas metas: está plenamente decidido a prestar exames de um só curso? Ou ainda hesita um pouco? Não há nada de errado em não ter certeza; pode-se, porém, fixar objetivos a partir dessa mesma vacilação entre cursos diferentes. A natureza não faz ninguém dotado para uma coisa só: podemos exercer diferentes profissões com sucesso e com prazer no trabalho.

2 – É unânime a opinião dos professores de que os últimos meses de estudo devem ser dedicados a uma boa revisão do que se sabe e à busca de aumentar aqui e ali, por pouco que seja, seus conhecimentos, eliminando algumas dúvidas. Esse pouco pode representar muito no resultado final dos exames.

3 – Não é momento para reclamar da escola ou de si mesmo. O que você pôde fazer até agora, fez. Prepare-se para mostrar o que sabe, não deixando que as tensões o levem a cometer enganos em questões de seu total domínio.

4 – Não se menospreze ao observar que há candidatos que se dizem muito bem preparados ou com melhor preparo que você. Pode até ser verdade, em alguns casos; em outros, porém, talvez seja impressão sua ou exagero dos colegas que se declaram em melhores condições que os demais. Os resultados concretos das provas muitas vezes contrariam tais prognósticos e você apresenta desempenho muito melhor do que imaginava. Pois então trate de considerar seus possíveis resultados de modo positivo.

5 – Concentre-se muito em seu estudo, mas dê também algum tempo para si mesmo. O trabalho, para ter melhor rendimento, deve alternar-se ao lazer, para que seu espírito ganhe equilíbrio e solidez e alimente seus sonhos. Assim, você chegará a cada exame tranquilo, confiante, apresentando apenas a tensão normalísima de submeter-se a uma prova.

 

E não se esqueça: nada é único e nada é definitivo em nossa vida. Para cada oportunidade perdida, para cada meta não alcançada a vida apresentará uma profusão de novas oportunidades e metas, que muitas vezes serão melhores ainda. Vitórias e derrotas se alternam na vida de todos os homens. Grandes homens são justamente aqueles que transformam derrotas em grandes conquistas. A biografia de qualquer grande vulto da humanidade, em todos os tempos, constitui prova clara dessa afirmação. Tenha certeza de que você também nasceu com essa garra!

 

Deixe um comentário