Agora, muito cuidado com o seu vestibular!

Muito próximo, agora, da primeira fase do Vestibular Unesp 2013, você deve ter bastante cuidado para que todo o seu preparo não seja anulado por fatores, que, a rigor, nada teriam a ver com vestibulares. As escolas de Ensino Médio, os cursos preparatórios e os sites especializados da internet fazem frequentemente os mesmos avisos, mas, infelizmente, sempre acaba ocorrendo, para alguns candidatos, aquilo que os professores recomendam evitar. A conhecida Lei de Murphy, que a princípio tomamos como piada, é bastante verdadeira e serve bem como alerta: tudo o que pode dar errado, dará. Por isso, é preciso tomar as precauções necessárias para evitar que o pior aconteça.

Notícias sobre o exame do Enem que acaba de ser realizado podem comprovar o fato: candidatos perderam a prova por chegarem atrasados; outros tiveram sua inscrição anulada por passarem, via celular, imagens das salas de exames. Evidentemente, tais candidatos reclamam contra o que consideram “excesso de rigor” e não acham que deveria ser assim, sugerindo maior tolerância com esses deslizes. Estão inteiramente equivocados. Um exame como o do Enem, assim como provas de grandes vestibulares de universidades públicas são eventos que envolvem alta responsabilidade. Não pode haver o menor deslize em termos de organização, pois isso põe em risco o próprio vestibular. Deste modo, o horário tem de ser mesmo rigoroso, sem exceções, porque uma só exceção abriria um rombo em toda a logística dos exames. Assim também a proibição de funcionamento de celulares, tablets e qualquer outro aparelho eletrônico. É melhor não levá-los para as salas, a fim de não correr qualquer risco. E também assim o comportamento do candidato durante as provas, que deve seguir estritamente o estipulado.

Quanto ao horário de ingresso nos locais de provas, convenhamos que é sempre informado com muita antecedência e, portanto, não se podem abrir exceções, mesmo que haja um motivo independente da vontade do candidato, como atraso de ônibus, congestionamento em rodovias ou na própria cidade, acidente de trânsito. Abrir uma só exceção, um minuto após fecharem-se os portões, implicaria abrir outra para dois minutos, outra ou outras para três e, de repente, centenas de candidatos iriam entrando nos minutos seguintes e até mesmo após o início das provas, o que comprometeria todo o processo. O regulamento existe justamente para fazer com que a organização funcione perfeitamente, sem riscos de reclamações futuras e pedidos de anulação dos vestibulares por terem alguns candidatos ingressado atrasados, enquanto a outros foi impedido o acesso. Regras de organização rigorosas são a garantia maior da lisura de um processo.

Além dos dois aspectos acima focalizados, há mais um a observar: trazer os documentos de identificação exigidos para o ingresso. Não há desculpa para esquecê-los em casa, no hotel ou mesmo para perdê-los. Já sabendo que, sem eles, não terá acesso às salas de provas, o candidato tem de conferir o tempo todo onde estão e trazê-los seguros em seus bolsos. Lamentavelmente, todos os anos há casos de esquecimento dos documentos, de modo que a preparação de anos fracassa em virtude de uma pequena distração. Isso não pode ocorrer com você. Confira, antes de sair de casa.

Quanto ao mais, sempre é bom lembrar que o candidato deve sentir-se bem, com plena saúde, ao prestar os exames. Deve estar bem alimentado e vestido de modo confortável, de acordo com o clima da região. E, é claro, deve estar confiante, otimista, porque confiança e otimismo são instrumentos importantes para deixar seu estado de espírito em ótimas condições de ler, entender e responder as questões.

Depois de tantos cuidados, já na sala de exames, respire fundo e faça uma excelente prova!

 

 

Deixe um comentário