Questões objetivas: atenção para a atenção!

Agora que está próxima a primeira fase do Vestibular Unesp, toda em questões objetivas, não é demais dar outro bom conselho a você: é bom estabelecer um método seguro para examinar cada questão e evitar equívocos.

Na verdade, existem métodos diferentes de abordar questões objetivas, conforme a natureza da prova. Em concursos comuns, as perguntas são apresentadas diretamente, sem textos auxiliares, umas após as outras. Nesse caso, o melhor será ler com atenção o enunciado, examinar as alternativas e escolher a que se revela acertada. Este tipo de prova parece fácil. Pura ilusão: como todas as informações estão fechadas na própria pergunta, divididas entre o enunciado e as alternativas, aumenta a dificuldade para encontrar a resposta adequada.

No caso das provas do Vestibular Unesp, todavia, as questões objetivas não surgem fechadas em si mesmas, mas se apoiam em gráficos, tabelas, imagens, diagramas, textos, charges, tiras. A  abordagem das questões, neste caso, deve levar em cuidadosa consideração esses elementos de apoio. Por quê? Pelo simples fato de que não são colocados decorativamente, formam um todo com as questões e facilitam a procura da resposta adequada.

Realmente, não é preciso usar de muita malícia para verificar que um gráfico, uma tabela, uma imagem, um diagrama, um texto, uma charge, uma tira não representam apenas exemplos ilustrativos, mas, ao contrário, fazem parte das questões como elementos informativos, vale dizer, como elementos que trazem a informação necessária para encontrar a resposta, ou até mesmo, em muitos casos, como elementos que contêm a própria resposta. Conclusão inevitável: toda a atenção deve voltar-se para esses elementos, já que, ou são exemplos escolhidos para facilitar a resposta, ou, muito provavelmente, a questão foi elaborada em torno deles, a partir deles.

Tendo isso em mente, não perca tempo: estabeleça um método de abordagem ou aperfeiçoe o que já emprega, colocando como fundamental o contraste entre o que a questão solicita e o que o elemento informativo fornece objetivamente. A resposta correta se revelará nesse processo. Muitos candidatos, todos os anos, se queixam exatamente de terem “cochilado” e não prestado a atenção devida a esse contraste entre elementos informativos e enunciados das questões.

Uma boa maneira de testar o método assim estabelecido é fazer uma simulação com as provas das primeiras fases de exames vestibulares da Unesp dos últimos dois anos. Com esse treinamento, sua capacidade de apreensão de detalhes será bastante refinada.

Prepare-se. Tenha atenção com a atenção. Você chega lá!

 

Um comentário para “Questões objetivas: atenção para a atenção!”

  1. Mary disse:

    Dicas preciosíssimas, guardadas para o dia 6. Valeu!

Deixe um comentário