Vocábulos e conceitos

Você já parou para pensar seriamente na relação entre vocábulo e conceito? Seus professores com certeza tocaram algumas vezes no assunto, para que você e seus colegas melhorassem seu desempenho de redação.

O Blogueiro vai tentar mostrar essa relação de outro modo, para que você a domine ainda mais. Observe que, quando escreve, os conteúdos são transportados por meio dos vocábulos de que se serve, organizados dentro das estruturas sintáticas denominadas termos, orações, períodos, textos.   Ora, se você domina poucos conceitos sobre determinado tema, pode imaginar que terá dificuldades em obter com sucesso total essa expressão, não é? Com base em constatações como esta, pode entender que, para dominar a capacidade de redação, terá de dominar também o máximo possível de conceitos expressos pelos vocábulos.

Imagine uma pessoa que nunca ligou para futebol nem fez questão de assistir a qualquer partida. De repente, lhe pedem para escrever uma redação sobre a Copa América. É claro que não saberá, pois o futebol não é apenas uma área de esporte e de lazer, mas um campo muito vasto de conceitos expressos por vocábulos especializados. Esta é a questão. Quando nos comunicamos, comunicamos a nossa visão das coisas do mundo por meio dos conceitos que as envolvem. Quanto mais conhecemos uma área de conhecimento, de ação, de atuação, de divertimento, de esporte, de arte, de política, etc., etc., mais dominamos palavras que carregam os conceitos dessas áreas e mais capazes nos tornamos de dialogar, debater, escrever sobre elas. Cultura, neste sentido, corresponde exatamente a esse conhecimento. Quanto mais culto um ser humano, mais preparado se revela sobre os campos da experiência humana.

Todas estas observações conduzem a uma conclusão: saber falar ou escrever com competência implica o domínio do máximo possível de vocábulos que expressam o máximo possível de conceitos de diferentes áreas do conhecimento humano. Justamente por isso, em todo o ensino fundamental e médio, você foi estimulado a trabalhar com exercícios adequados a aumentar seu vocabulário e a perceber que um vocábulo pode expressar diversos conceitos diferentes. Mas não bastou o que você fez na escola. É preciso continuar adquirindo vocabulário permanentemente, pelas leituras de livros de diferentes áreas e pela consulta permanente dos dicionários. Não apenas, portanto, a leitura de livros de literatura, mas de todos os campos do conhecimento, até mesmo daqueles que você não aprecia muito.

Por outro lado, é preciso também exercitar-se no domínio daqueles vocábulos que, por largo uso, acumulam a expressão de conceitos diversos e por vezes conflitantes, como por exemplo democracia. Consulte o dicionário e perceba esse fato. Fazendo isso com este e outros vocábulos, você evitará cometer erros em sua expressão, quer oral, quer escrita.

Compreendeu bem? Então mãos à obra, vale dizer, aos vocábulos e conceitos.

 

Deixe um comentário