Saber começar para saber terminar

Você vai prestar os vestibulares deste ano e por isso deve estar acompanhando os resultados dos atuais, as listas de chamadas, as alegrias de colegas mais velhos que foram aprovados e se matricularam.

E você? Agora é a sua vez. É claro que vem estudando há um bom tempo e acompanhando as provas e as correções, e agora percebe que está na hora de programar uma série de atividades para chegar “tinindo” aos exames. O Blogueiro, por isso, faz algumas sugestões para que estabeleça bem concretamente sua rota.

Primeiro ponto: estude com muita atenção as questões objetivas de diferentes vestibulares. Procure captar a “malícia” das questões e entender o modo como os elaboradores geram as alternativas. Existe aí uma técnica que pode ser detectada e compreendida. Isso aumentará em muito sua capacidade de identificar as respostas corretas e evitar cochilos.

Segundo ponto: sua expressão nas questões discursivas e na redação é fundamental. Trate de fazer uma análise de sua capacidade de escrita: clareza, concisão, vocabulário adequado, pontuação, acentuação, ortografia. Temos tendência em julgar que escrevemos muito bem, mas isso é perigoso, pode nos levar a enganos. É melhor usar o critério da desconfiança e achar que temos alguns defeitos que precisamos descobrir e sanar.

Terceiro ponto: além de estudar com atenção as diferentes disciplinas, trate de fazer sempre uma revisão da terminologia dessas disciplinas, para evitar erros de conceito em suas respostas discursivas e de compreensão na leitura das questões objetivas. É muito comum julgarmos que conhecemos a terminologia e dominamos todos os conceitos expressos pelos seus termos, mas volta e meia nos equivocamos. É bom, por isso, rever a cada passo tais vocábulos e conceitos.

Quarto ponto: redação é redação. Dissertação é dissertação. Nada de inventar, em vez de dissertação, desenhos, caricaturas, charges. Esses gêneros de texto não são solicitados e, se você insistir, sua “redação” será anulada. É claro que alguma vez na escola você fez isso e pode ter sido até elogiado pela criatividade. Mas vestibulares em geral pedem dissertações e é nelas que você tem de demonstrar sua capacidade de raciocínio, de argumentação, de conhecimento do tema e de sugerir soluções para os problemas analisados. Certo especialista em vestibulares denomina redações-camicase essas tentativas de substituir a dissertação por desenhos.

Quinto ponto: não se distraia com os eventos de início de ano, festas, carnaval, eventos esportivos. Sua hora é agora. Está na reta final e cada minuto é importante para aumentar suas chances. Vestibular é como uma prova esportiva: você tem de dar tudo e mais um pouco para vencer.

Pense bastante nesses cinco pontos e elabore seu plano de ação, tendo em mente que para sair-se bem nos exames não é suficiente apenas estudar, mas saber como preparar-se para prestar as provas com segurança.

 

Deixe um comentário