Leia de verdade

Professores de ensino médio e de cursinhos preparatórios sempre dizem a você para ler, ler muito. E sugerem, além de textos literários, artigos de jornais e revistas como boas fontes para sua leitura.

Certo? Certo. Mas é preciso fazer ressalvas. Dizem alguns que a leitura leva a aprender vocabulário. Certo? Nem tanto. Não é a leitura que faz aprender vocabulário, mas como essa leitura é feita. Encontrar vocábulos difíceis no texto que se lê é algo normal e positivo. Mas se torna positivo se o leitor procura na hora o significado desses vocábulos. Passar por alto não ensina significados a ninguém.  Justamente por isso não se pode falar em aprender vocabulário sem um dicionário à mão ou sem um dicionário eletrônico no computador ou celular ou tablet.

O vocabulário do idioma é constituído por milhares e milhares de vocábulos. E aumenta sempre. Nunca paramos de encontrar vocábulos novos, inclusive aqueles que a terminologia das diferentes ciências e disciplinas vai criando. Além disso, temos a ilusão de conhecer um vocabulário muito rico, quando, na verdade, dominamos bem menos do que imaginamos. Por isso, temos de sempre estar aprendendo significados de vocábulos que surgem de repente em textos.

Até mesmo na linguagem oral podemos aprender novos vocábulos, desde que apliquemos o mesmo método de consultar o dicionário. O Blogueiro recorda sempre o dia em que, ao conversar com um jardineiro humilde que plantava grama em seu jardim, ouviu daquele homem de poucos conhecimentos uma frase que o deixou perplexo. O jardineiro examinava uma mudinha de grama e verificou que estava toda murcha e amassada. Olhou para o Blogueiro. mostrando a muda, e disse: Que pena! fanadinha, fanadinha! O Blogueiro concordou com um aceno de cabeça, escondendo a surpresa de não saber o que significava fanadinha e ter vergonha de perguntar ao jardineiro.

Quando chegou em casa, a primeira coisa que fez o Blogueiro foi consultar um dicionário, para ver o que significava aquela palavra que pareceu tão bela e tão delicada na boca daquele humilde trabalhador. E descobriu que fanado significava “murcho, emurchecido, quebrado”. E mais descobriu, com aquele exemplo, que podemos aprender vocabulário com as pessoas do povo, humildes, não havendo razões, portanto, para nos considerarmos melhores por dominar mais conteúdos que essas pessoas do povo.

É isso aí. Além de apenas aumentar seu vocabulário, verificar os significados de vocábulos é uma das formas de adquirir conhecimentos novos. É exatamente isso o que significa ler de verdade, consultando de imediato um bom dicionário para verificar o sentido de vocábulos cujo significado não se conhece. Vale dizer: apenas passar os olhos sobre as palavras não é suficiente, ler de fato não é um milagre, as palavras não entram em nossa mente por um passe de mágica, mas são buscadas por nós ao longo de qualquer leitura.

Compreendeu? Leia, portanto, mas leia de verdade. E não se surpreenda se um jardineiro disser, um dia, que aquela muda de planta está fanadinha! fanadinha!

 

Leave a Reply