Arquivo de 5 de maio de 2010

O Vestibular meio de Ano 2010: Cursos e Vagas

quarta-feira, 5 de maio de 2010

            Logo estarão abertas as inscrições para o Vestibular Meio de Ano, com 550 (quinhentas e cinquenta) vagas abertas em treze cursos de sete diferentes câmpus da Universidade. São 550 novas oportunidades de ingressar para formar-se em carreiras muito promissoras: Agronomia, Zootecnia, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Administração e Geografia.

            O Vestibular Meio de Ano da Unesp surgiu com a criação de novos câmpus e também de novos cursos propostos pelos câmpus consolidados, segundo uma filosofia de ampliação permanente da oferta de cursos e vagas para atender cada vez mais a demanda crescente dos estudantes de todo o país.

            São os seguintes os cursos, com os respectivos números de vagas:

 

I – ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Agronomia – integral – FE/Ilha Solteira – 40 vagas

Agronomia – integral – Registro – 40 vagas

Zootecnia – integral – Dracena – 40 vagas

Zootecnia – integral – FE/Ilha Solteira – 40 vagas

 

2 – ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS

Engenharia Ambiental – integral – Sorocaba – 60 vagas

Engenharia Civil – integral – FE/Ilha Solteira – 40 vagas

Engenharia de Controle e Automação – integral – Sorocaba – 40 vagas

Engenharia de Produção – noturno – FE/Bauru – 40 vagas

Engenharia Elétrica – integral – FE/Ilha Solteira – 45 vagas

Engenharia Mecânica – integral – FE/Ilha Solteira – 45 vagas

 

3 – ÁREA DE HUMANIDADES

Administração – noturno – FCAV/Jaboticabal – 40 vagas

Geografia – Bacharelado e Licenciatura – diurno – Ourinhos – 45 vagas

Geografia – Bacharelado e Licenciatura – noturno – Ourinhos – 45 vagas

 

            As inscrições, que serão realizadas no período de 03 a 21/5/2010, deverão ser feitas via Internet exclusivamente pelo site da Vunesp (www.vunesp.com.br).  

            O Vestibular Meio de Ano da Unesp representa, assim, uma grande oportunidade para todos aqueles que, tendo chegado muito perto da aprovação no início do ano, não desanimaram e continuaram a se preparar, sabendo que têm possibilidades de atingir seu objetivo agora. É isso aí. A confiança e a determinação sempre conduzem o homem a superar obstáculos e  realizar  seus ideais.

            O BlogUnesp deseja sucesso a todos.

A Unesp não para: Vem aí o Vestibular Meio de Ano

quarta-feira, 5 de maio de 2010

   mapa

Quem observa o mapa do estado de São Paulo, que a Unesp transformou em seu emblema, com a localização dos municípios em que se situam unidades de nossa universidade, por certo se surpreende com a amplitude do espaço geográfico ocupado.  De fato, a Unesp possui unidades em 23 municípios, numa distribuição de leste a oeste e de norte a sul: Ilha Solteira, Araçatuba, Dracena, Rosana, Presidente Prudente, Assis, Tupã, Marília, Franca, São José do Rio Preto, Jaboticabal, Araraquara, Bauru, Ourinhos, Rio Claro, Botucatu, Sorocaba, Itapeva, Registro, São Vicente, São José dos Campos, Guaratinguetá, São Paulo.

Essa distribuição não é acidental nem aleatória. A Unesp nasceu com essa vocação para ser uma instituição voltada para o estado de São Paulo como um todo, como o demonstra o fato de seu primeiro estatuto, de 1976, prever a localização da reitoria na unidade de Ilha Solteira, o que não foi possível por falta de infraestrutura e condições operacionais, que só eram possíveis naquele momento na cidade de São Paulo, onde se localiza a reitoria ainda hoje. Até o início deste século, a ocupação não incluía os municípios de Dracena, Tupã, Rosana, Ourinhos,  Sorocaba, Itapeva e Registro, que completam hoje o magnífico mapa da Universidade.

O Vestibular Meio de Ano da Unesp, deste modo, surgiu em 2003, no momento em que as novas unidades foram instaladas, segundo uma filosofia que implicou também a criação de novos cursos (alguns destes noturnos) em unidades consolidadas.

Evidentemente, com essa expansão bastante significativa, a Unesp teve de enfrentar inúmeras dificuldades, não apenas operacionais, mas também de ordem administrativa e orçamentária. O alto objetivo, porém, enfatizado no próprio Estatuto, justificou e justifica todo o empenho da instituição nesse sentido: ampliar cada vez mais a oferta de cursos e de vagas, para atender a demanda crescente dos estudantes brasileiros, cujos sonhos de ingressar e de formar-se em cursos superiores públicos de alta qualidade se renovam a cada ano.

Crescer, para a Unesp, é poder alimentar e tornar realidade cada vez mais esses sonhos.